Translate

Store berkekê

domingo, 1 de julho de 2012

Márcio Faraco: acaso, sorte ou destino

As vezes volto ao programa "Cuando los elefantes sueñan con la música" de Radio Nacional de Espanha e me oferecem um novo descobrimento.

Com certeza, Márcio Faraco é uns desses compositores, cantores e músicos que deixam uma esteira no caminho da música.

Nascido no Alegrete, Rio Grande do Sul, Brasil, tentou sem sucesso encontrar uma posição na vida musical do seu país, viajanda ate Rio, capital indiscutivel da cultura e os artistas brasileiros.

Então, como tantos outros artistas, não só do Brasil, mudou sua vida pra a França com sua mulher e foi a mudança mesmo a que permitiu que a musica de Faraco começara a ser escutada e respeitada.

Foi lá, onde aparece Ciranda no ano 2.000 um longo caminho que chega ate O tempo no 2.011.

Por qué Faraco não consegueu sucesso no Brasil tem muitas hipóteses:

Pode ser que seu roteiro compositivo ja estava nas mãos de outros artistas que faziam sucesso. Também é possivel que não encontrasse um chance para mostrar seu talento ou como tantos artistas na Historia, a única saida era tentar noutro lugar longe onde seu trabalho tivesse um reconhocimento. Sei lá.

Mas além disso, Márcio Faraco foi legal com sua raiz musical e não deixa de cantar em português, nem de compoer aquilas musicas do lugar que lhe viu nascer, Isso é mais que admiravel!

Numa das suas últimas músicas do álbum O tempo, Faraco pergunta se acaso sorte ou destino. Tomara alguém tivesse a resposta disso, apenas somos a consecuencia inexplicavel de por qué as coisas são como são. O que eu não tenho dúvida é que talento tem demais, sensibilidade e algo que eu admiro: a capacidade de não esquecer que ante todo e pra todo, ele é brasileiro.

No link tem no streaming algumas músicas do album O tempo

O tempo Márcio Faraco