Translate

Store berkekê

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Osvaldinho da Cuica: o mestre da cuica

Alguma vez tenho falado aqui da minha grande paixão pelo instrumentos musicais sejam do lugar que sejam.

A cuica es um desses que consegueu-me apaixonar, será porque quem ainda nunca me conheçeu não encontrou em mim o lado engraçado ou poque manteno oculto demais.

Es a cuica um instrumento duma sonoridade contagiosa, ninguem pode se resistir a ela e tem a capacidade de tirar o baixo astral de qualquer.

Lembro, numa das minhas visitas a Recife numa loja de instrumentos perguntei se era possivel de ele me ensinar uma cuica, era assim tanta minha curiosidade. Infelizmente aquele moço no sabia toca-la e apenas fiquei sabendo cómo ela é capaz de falar, rir, chorar, imitar animais, sons, etc.

Apôs de tantos anos comprei uma cuica, era quase uma obrigação fazer isso numa espera tão longa, e fiquei feliz com minha cuica mesmo não seja a melhor cuica do planeta nem do Brasil.

Foi aí que encontrei a Osvaldinho da Cuica na net e não tinha palavras para explicar como ele faz o que consegue com esse instrumento apenas tão simples.

Mas só um paulista nascido no Carnaval de 1.940 pode ter o privilegio disso. Mais ou menos que a fascinação que ele sinteu a primeira vez que escutou uma cuica foi similar aquila que eu tive, só que ele dedicou toda sua vida a ele e aí que existe a primeira diferença entre um mestre e um simples apaixonado.

Era Osvaldinho (Osvaldo Barro) engraxate de apenas 14 anos e quens lhe conheceram naquele tempo falam que tinha tal sentido do ritmo que era dificil um grande músico não nascera daquilo. Com certeza foi assi mesmo que a longa carreira do embaxaidor do samba paulista, homenajeado em inumeras ocasões chegou não só a tocar como ninguem a cuica, mesmo a compor, arranjar, cantar e outras tantas tarefas que qualquer músico inveja.

Além disso, Osvaldinho conheceu e conhece a tantos grandes nomes da música brasileira que ficam na sua procura como quem quer ensinar a melhor das joias. Desses grandes da música brasileira está Adoniram Barbosa uma peça imprescindiver para entender o samba paulista.

Faz uns meses, Osvaldinho commemorou seus 75 anos de idade. Eu acho que apòs de sua grave doença a quem ganho a batalha com a melhor das armas: sua cuica, Osvaldinho continua com uma grande vontade de oferecer sua arte. Parabens mestre , não deixe você  de espalhar por todo o Brasil a ritmo de cuica seu talento, quando sua cuica fala, um sorriso chega e es capaz de transformar a vida duma pessoa.